Blog Bastante Moda Inútil

Blog Bastante Moda Inútil

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Texto: A Solidão


Fernanda era uma menina sólitaria não conversava com quase ninguém da sala dela, ela vivia no mundo dela. Com óculos quadrados, all-star e jeans não conversava com aqueles grupinhos de meninas populares ela anda sozinha não tinha amigos, nem com os nerd.

Voltava ela sozinha como diariamente, quando ela toda desajeitada, deixou seus livros caírem toda tímida, logo veio o garotos dos seus sonhos ajuda ela, com um sorisso todo tímido e um obrigado e ele deu uma risada e foi logo com o seu grupo de amigos.

Fernanda saiu correndo, trancou em seu quarto e começou escrever em seu diário com um olhar de apaixonada, sem amigas para conta o que havia acontecido logo veio aquele sentimento de solidão, com o seu melhor amigo o seu diário ela desabafava.

No outro dia, estava ele lá com aquele sorisso lindo e seu cabelo perfeito, tocou o sinal ela ainda estava viajando na sua mente pensando nele, entrou na sala de aula. Enquanto tirava seus materiais a professora pedia silêncio, assim que a classe ficou quieta a professora começou dar aquela aula chata de matemática.

Fernando não conseguia se concentrar pensando naquele garoto, ele sentava no fundo da sala de aula e ela na primeira carteira. Ela toda tímida e com medo virou para trás desfaçadamente tocou sinal do intervalo ele como sempre sentava no palco sozinha, naquele dia veio José o mesmo menino, ele chamou ela pra fazer parte do seu grupo. Ela aceitou e ficou muito feliz. Ali nascia uma linda história de amor...

A parti daquele dia eles não se desgrudavam mais, era horas e horas no telefone, mais uma coisa não tinha mudado ainda sim a “Solidão” todos os dias as 20:30 ela escrevia no seu diário, mas ela não sabia se ele gostava mesmo dela ou só estava brincando com seus sentimentos.

Numa manhã ela decidiu pedir ele em namoro já que era tantos telefonemas e e-mail... Ele tinha faltado naquela manhã e todos os dias qual ainda estava por vim, ela perguntou para seus amigos o que teria acontecido eles riram, José teria voltado com seu ex e aquele sentimento de solidão infelicidade e tristeza tinha voltado. Ele brincou com seus sentimentos.

Chegando em casa chorando com seus óculos caindo, Fernanda estava tremendo, chorou muito ao escrever em seus diário, não queria mais sair de casa. No outro dia estava ela lá não queria mais ser sozinha, tomou coragem mais ainda muito tímida ela queria entra pro grupinho das meninas populares e lá estava ela linda e diva, sendo popular.

Contou tudo para o seu diário, ela estava muito feliz mais seu coração ainda batia por José, ela queria ele de volta mais também não quer mais ser sozinha e triste,. Fernanda sabia que ele não irria mais volta e seguiu sua vida e todos os dias as 20:30 relatava tudo o que teria acontecido no seu dia. Mas todos os dias ela lembrava dele e não passava nenhum dia ser deixar cair uma lagrima por seu amor.  
                                                                                                                                        By: Victoria Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário